Ciudades Digitales Iberoamericanas

Apenas 4% das escolas públicas têm computador em classe, diz pesquisa

leave a comment »

Autor: Fernanda Nogueira

Assunto: Indicadores CETIC.br

Somente 18% dos professores fazem uso da web na classe.
Estudo mostra que 81% das escolas têm laboratório de informática.

Embora 92% das escolas públicas urbanas do Brasil tenham computador com acesso à internet em seu estabelecimento, apenas 4% têm o equipamento instalado em sala de aula. Este é um dos resultados do estudo “Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Escolas Brasileiras”, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), divulgada nesta terça-feira (9). A pesquisa mostrou ainda que apenas 18% dos professores de escolas públicas urbanas do Brasil usam internet na sala de aula.

Onde são instalados computadores nas escolas
Sala do coordenador ou diretor 88%
Laboratório de informática 81%
Sala dos professores ou sala de reunião 58%
Biblioteca ou sala de estudos para os alunos 38%
Sala de aula 4%
Foram incluídas na pesquisa amostral 497 escolas públicas municipais e estaduais urbanas do país. Participaram do estudo 4.987 alunos, 1.541 professores, 428 coordenadores e 497 diretores de escolas. O objetivo da pesquisa foi identificar o uso e a apropriação da internet banda larga nas escolas públicas urbanas do país. A investigação foi feita sobre o uso nos processos pedagógicos e administrativos da escola.

O estudo mostrou que 92% das escolas têm internet. Destas, 87% têm internet banda larga. Em média, as escolas têm 23 computadores instalados, sendo 18 em funcionamento, e têm em média 800 alunos matriculados. Segundo a pesquisa, 81% das escolas têm laboratório de informática. Destas salas, 86% têm computadores conectados à internet.

 O estudo mostra ainda que 52% das escolas têm uma pessoa que atua como monitora na sala de informática. “O profissional é um viabilizador de uso de laboratório”, disse Juliano Cappi, coordenador de pesquisas do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR do comitê.

“A gente pode reavaliar a política de levar laboratório para a escola, mas de levar infraestrutura para a escola”, afirmou Juliano. “O teste mostra que a correlação do uso da internet com o uso na sala de aula é maior do que no laboratório.”

Segundo a pesquisa, os professores declaram que a principal dificuldade é o número insuficiente de computadores por aluno e conectados à internet.  “A sala de aula ainda tem uma carência grande de ter computador e internet”, disse Alexandre Barbosa, gerente do CETIC.br.

Entre as atividades em sala de aula, 59% dos professores diz que não ensina os alunos a usar computador e internet. Daqueles que usam internet na sala de aula, 24% dão aulas expositivas, 23% fazem exercícios para prática e fixação de conteúdo e 23% dão interpretação de textos.

Capacitação dos professores
Segundo o estudo, 64% dos professores acham que os alunos sabem mais sobre o uso de computador e internet do que eles. “O professor percebe que pode melhorar no uso da internet, para se sentir seguro na sala de aula. Talvez isso indica a relevância dos programas de capacitação”, disse Juliano.

Dos professores, 48% fizeram um curso específico para aprender a usar o computador e a internet. Outros 38% aprenderam sozinhos e 27%, com outras pessoas. Entre os alunos, 40% aprenderam com outras pessoas, 38%, sozinhos, e 25%, em curso.

Contatos informais são o principal tipo de apoio percebido pelo professor para o desenvolvimento dos conhecimentos para uso da informática, segundo a pesquisa. Isso ocorre para 75% deles.

Na pesquisa, 55% dos professores têm entre 31 e 45 anos. A média de tempo de experiência é de 15 anos. Dos educadores, 96% têm ensino superior e 56% têm especialização. A renda de 42% deles é de até R$ 1.530, sendo que 90% deles têm computador em casa e 81% têm internet em casa.

Está em andamento também uma pesquisa qualitativa, com 12 escolas. Esse estudo será divulgado no final de quatro anos.

Pesquisa
O Brasil tem 51,5 milhões de estudantes matriculados na educação básica, segundo o Censo Escolar 2010. Destes, 43,9 milhões, 85,4%, estudam em escolas públicas. Das escolas públicas, 64.879 estão em áreas urbanas.

A margem de erro da pesquisa para o total Brasil é de quatro pontos percentuais, com um intervalo de confiança

Fuente: http://www.nic.br/imprensa/clipping/2011/midia656.htm

 

Written by ciudadesdigitales

15 agosto 2011 a 8:05 pm

Publicado en Brasil

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: